A Arte de Pagar Micos e Kin Kongs - Regina Araújo - Viaje na Leitura

23/12/2010

A Arte de Pagar Micos e Kin Kongs - Regina Araújo



Livro: A Arte de Pagar Micos e King Kongs - Viver sem culpas
Autor:  Regina Araújo
Editora:  Qualitymark
Categoria:  Auto-Ajuda/Literatura Nacional
ISBN:  857303548
Páginas:  140
Lançado: 
 2005



Vamos lá falar um pouquinho de um livro que me diverti muito (quando digo muito, entenda-se muuuuuuuuuito mesmo) lendo. O livro me foi cedido para fazer resenha pela editora Qualitymark
Comecei a ler sem grandes expectativas, mas tenho que confessar que fui surpreendida, tanto que até cheguei a comentar no twitter sobre o como eu estava rindo ao lembrar de cenas que já passei.
Quem nunca na vida passou um belo de um mico? Quem nunca disse o que não devia na hora errada, confundiu nomes, ou mesmo levou aquele tombo na frente de quem não queríamos que nunca presenciasse uma cena dessas?
Pois é, mico todos pagamos, isso quando não pagamos aquele “King Kong” (é eu já passei cada uma) e é isso que a autora Regina Araújo vem trazer em seu livro.
De uma forma bastante humorada ela nos conta os vários micos que já passou e como conseguiu reverter para algo produtivo, daí o subtítulo “Viver sem culpas”.

“Quem nunca pagou mico que ostente um arzinho de desdém. Mas convenhamos: pagar micos faz parte da condição humana. Quem, ao andar pela rua, na maior estica, nunca levou aquele escorregão, levantou-se rapidamente e disfarçou como se nada tivesse acontecido? Disse coisas que não devia, para pessoas que não devia, em lugares indevidos?” (p.VII)

Durante todo o livro a autora vai nos contar várias situações inusitadas desde falar aquela besteira na frente do chefe, pagar o maior mico na frente de um ídolo até situações mais vexatórias como rasgar a roupa durante uma palestra.
Ela nos mostra como essas situações podem ser mais comuns do que imaginamos, o que outrora achamos ser a maior vergonha da nossa vida pode esconder a fonte principal para uma vida mais divertida e feliz.
Existem dois tipos de pessoas que pagam micos: a primeira é aquela pessoa que paga o mico e sai correndo e ainda se pudesse mudava de planeta; já o segundo tipo de pessoa é aquela que paga o mico e leva na brincadeira rindo do próprio mico. Qual dessas pessoas é a mais feliz???
O livro é repleto de situações corriqueiras que nos fazem pensar: Nossa, acho que já fiz isso!
E com essa maneira bem humorada e diversificada a autora vem nos trazer a ideia de que a vida é o que fazemos dela. Ser feliz ou não, mesmo pagando mico, depende de nós mesmos.
Eis uma ótima leitura pra quem quer procura um livro pra se entreter e rir muito.

“Sejamos sempre o piloto de nossa vida e não o passageiro! Não podemos esperar para abrirem nossa ‘caixa preta’ após nossa morte. Sejamos livres, espontâneos e felizes.
Essa é a nossa função nessa vida.
Para isto vivemos!” (Regina Araújo – p. 11)

21 comentários

  1. Esse livro deve ser ótimo, já paguei cada King Kong...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha!! Eu já paguei um monte de micos >.< Deve ser realmente um livro muito divertido =)

    ResponderExcluir
  3. Estou precisando urgentemente ler esse livro *.* Sério, odeio pagar mico, sempre gostaria que o mundo se abrisse e me engulisse! ain ! Mas sério, é tão ruim pagar mico, que eu acho que na hora, eu nem lembraria das indicações desse livro =(

    ResponderExcluir
  4. Me parece ser muito divertido esse livro, já sei que vou morrer de rir, eu pago muito mico, sou muito estabanada, esbarro em tudo, derrubo, me bato nas coisas, viro o pé muito fácil, kkkk, esse livro me descreve, kkkk. Gostei muito desse trecho: “Sejamos sempre o piloto de nossa vida e não o passageiro! Não podemos esperar para abrirem nossa ‘caixa preta’ após nossa morte. Sejamos livres, espontâneos e felizes.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei, eu sou a maior pagadora de King-Kongs que existe. Já dei cada vexame.Adoraria ler esse livro, gosto de literatura de humor, diverte e tira o estresse. Otima resenha.Bjkss

    ResponderExcluir
  6. Micos! Aiii que péssimo, né? SEMPRE na frente da única pessoa que não deveria ver...haha

    ResponderExcluir
  7. Ah! *-* Esse livro deve ser ótimo, fiquei com muita vontade ler! Já paguei cada mico... mas pelo visto não sou a única, não é mesmo? Adorei a resenha e o blog! Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. AA eu quero
    parece ser super divertido

    ResponderExcluir
  9. Aii, esse livro deve ser MARA! *-*
    Eu souu a rainha do King Kong, bem provavel que me identifique pelpo menos cm 80% das situações do livro hsiauhsoiau

    E eu, ainda bem, sou do tipo que leva na brincadeira, por mais enorme que o mico possa ser... Eu sou a primeira a começar a rir, e a ultima a parar ;P

    Adorei, deve ser ótimo o livro *o*

    ResponderExcluir
  10. To precissando de um livro que me faça rir,ultimamente só to lendo livro trsite rsr

    ResponderExcluir
  11. Gente, amei a resenha, eu mesmo já paguei tantomico em minha pequena vida...
    Já gritei no meio da rua pensando que era um conhecido, levei queda com todo mundo vendo, sorrindo e eu rindo junto...
    Mas faz parte

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha,o livro deve ser ótimo.Quem nunca pagou um mico daqueles que atire a 1ª pedra.

    ResponderExcluir
  13. hahahha
    preciso ler esse livro
    sou a senhora "king kong" prazer!!!
    hauhauhauhauhauhauha

    ResponderExcluir
  14. Hahaha..que divertido esse livro. Adoro rir, e existe coisa melhor do que micos para fazer a gente dar gargalhadas?

    Super beijo!

    ResponderExcluir
  15. OMG.. sou a rainha dos micos. Cair na rua então, nem tenho conta das vezes.
    Chega a ser muuito constrangedor... kkkk

    ResponderExcluir
  16. Esse livro dever bom mesmo!!! Micos são sempre engraçados rs...
    Quero ler!!
    beijoos
    Livros e blablabla

    ResponderExcluir
  17. Amei a resenha, o título do livro é hilário. E lê-lo deve ser mais hilário ainda.
    Ler a resenha me lembrou de cada mico que paguei!!
    Acho que posso contar um... rsrs

    Certa vez estava fazendo compras em um supermercado perto de casa. Era, aproximadamente, 1:00 da madrugada quando fomos para o caixa. Aí o meu irmão lembrou do iogurte. Saí correndo para pegar e leve um baita de um tombo (sabe, na hora pensei: Ah, não tem ninguém no supermercado, mesmo.) e dois meninos apareceram e começaram achar graça. Pensa na minha cara, não eram apenas dois meninos, eram dois gatinhos (E que gatos!!). Simplesmente levantei e joguei bjin para eles. Agora imagina a cara deles. Hahahaha

    ResponderExcluir
  18. Esse livro deve ser bastante divertido. Ela conta micos dela no livro Espero, se eu consegui ler, ter boas risadas HUAHUA
    Parabéns pela resenha, Pri.
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  19. Pagar micos é comigo mesmo, já passei cada uma. Quero muito ler e rir com esse livro!

    ResponderExcluir
  20. Esse livro deve ser super engraçado!
    Quem nunca pagou um mico na vida né!?! rsrsrs
    Deve garantir boas risadas!! =)

    BjoSs

    ResponderExcluir
  21. Pri, você não está recebendo minhas mensagens de e-mail?
    Bom, a Cris te enviou mais algum livro? OU foi apenas este? Passe no site, dê uma olhada e me mande uma lista dos que vc pode achar interessante para resenhar.
    Vou linkar sua resenha em nosso blog.

    ResponderExcluir

Nós da equipe do Viaje na Leitura, agradecemos seu comentário. Sua opinião é de extrema importância para nós. Volte Sempre!

Em breve retribuiremos sua visita!