De repente, nas profundezas do bosque - Amós Oz - Viaje na Leitura

24/05/2012

De repente, nas profundezas do bosque - Amós Oz

Livro: De repente, nas profundezas do bosque
Autor: Amós Oz
Editora:  Companhia das Letras
Categoria:  Ficção | Literatura Estrangeira
ISBN: 8535909966
Páginas: 141
Lançamento: 2007
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Compre pelo menor preço!

Sinopse:  
Uma fábula onde os animais não falam, mas fala-se deles e do seu desaparecimento do bosque numa noite de tempestade. Alguns habitantes mais antigos da aldeia afirmam terem visto quando a sombra de Nehi, o demônio, passou pelo bosque levando atrás de si muitas outras sombras, às quais juntaram-se todos os animais: carneiros, raposas, tigres, jumentos, vacas, cobras, insetos, aves...
Desde então, paira sobre a aldeia a seguinte dúvida: todos aqueles animais teriam mesmo existido ou seriam apenas lenda dos aldeões mais velhos? Estes dizem aos mais jovens que é perigoso entrar no bosque, pois o demônio Nehi poderia levá-los, assim como fez com todos os animais. A desconfiança e o medo são constantes na aldeia. 

O livro que vou resenhar hoje pode ser um pouco infantil, mas a história em si serve para adultos e crianças. 


De todas as crianças da aldeia, apenas duas, Maia e Mati, sentiam uma baita atração pelos bosques sombrios. Pág. 39

Com uma narrativa leve e gostosa de ler, Amós Oz conduz este livro através de Maia e Mati, que ficam curiosos em relação às histórias que sua professora conta e adentram o bosque para descobrir se estas histórias são verdadeiras. 

Me fez refletir este livro. É como se os bichos para eles fossem os aliens para nós, não sabemos se existem, agora atualmente estamos dentro desta mata e iremos descobrir em breve a verdade.

Por ter poucas páginas, a leitura flui rapidamente e quando você menos espera já acabou de ler. A capa confusa foi um atrativo pra eu ler o livro. Por dentro a Editora Cia das Letras fez uma ótima diagramação. É um bom livro para passar o tempo e/ou refletir sobre com vivemos, como não damos atenção a nenhum animal. 

O livro é curtíssimo, e quando menos se espera, a leitura termina, não poderia eu, escrever e prolongar ainda mais a resenha, um livro que entrete e nos leva a reflexão. Recomendo a leitura.



 Um garoto que gosta principalmente de ler. Mas também de vôlei e ainda por cima é um pouco viciado em séries. Espera ser um grande escritor um dia, assim que seus projetos forem terminados.
 Redes Sociais:
 


4 comentários

  1. Carolina Durães25 de maio de 2012 08:00

    Bom dia!! Estava lendo a resenha, e comecei a ficar super empolgada com ela, e aí.. rapidamente ela terminou rsrs. Adorei a resenha, achei ótima a indicação. Eu particularmente não ligo em ler livros considerados voltados para um público mais jovem, desde que tenha afinidade com a estória. Até porque em livros para o público mais jovem, na maior parte deles pelo menos, há sempre uma moral, um objetivo final além do entretenimento. Parabéns pela resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa achei super interessante esse livro, foi bem o que você disse eles tem uma perspectiva tão diferente da nossa! E com certeza esse livro deve trazer uma grande lição de como não valorizamos o que tenho ainda. Espero que a sociedade acorde logo para isso, ou então nossas furutas crianças vão ser como essas do livro.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a sua resenha e fiquei curiosa com relação ao livro.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. gostei tanto da sinopse como na resenha, eu mesmo to doido para ler

    ResponderExcluir

Nós da equipe do Viaje na Leitura, agradecemos seu comentário. Sua opinião é de extrema importância para nós. Volte Sempre!

Em breve retribuiremos sua visita!