Orgulho e Preconceito - Jane Austen - Viaje na Leitura

06/04/2013

Orgulho e Preconceito - Jane Austen


Classificação
 Este romance de 1797 mostra como o amor entre os protagonistas é capaz de superar barreiras de orgulho e preconceito e a diferença social. De aguda percepção psicológica, seu estilo destila uma ironia sutil, dissimulada pela leveza da narrativa.


Coleção Jane Austen, Martin Claret, 480 páginas.

Li Orgulho e Preconceito na minha adolescência, só anos depois fui ver o filme da adaptação literária, Orgulho e Preconceito foi lançado originalmente em 1813 desde então, teve diversas edições por diversas editoras. Na semana passada, tive o desejo de reler a obra (pois depois de tantos anos, tive um enorme desejo em ler novamente) e confesso que, as entrelinhas são completamente diferentes a cada releitura, cada idade revela uma compreensão diferente, então tenho o costume de reler obras já lidas anteriormente por mim, depois de anos e o prazer é incomensurável.

Esta edição que vos falo hoje é da Editora Martin Claret, a edição está caprichada e lindíssima, cada capítulo com uma diagramação linda, e a capa é igualmente maravilhosa, os detalhes são únicos e notavelmente incríveis.

Quote


Orgulho e Preconceito, título desta obra indelével, retrata com fidelidade uma época em que costumes e tradições eram respeitados. Conheceremos a família da  Srta. Elizabeth Bennet, moça com quase vinte anos em uma casa com mais quatro moças, uma mais velha, Srta. Jane, e outras três mais novas. Jane já com 27 anos e a mais bonita de todas, Lizzie (elizabeth) é a mais inteligente e a segunda mais bonita e as demais são comuns em beleza e em pessoa.

A Sra. Bennet é uma mãe autoritária, porém fútil e tagarela, seu maior desejo é casar as filhas desesperadamente, pois tendo o infortúnio de gerar filhas mulheres, toda a sua propriedade passará a um parente distante, Sr. Collins. O seu esposo, Sr. Bennet é caseiro e tranquilo, que teve a grande infelicidade no casamento, convivendo agora com as tolices (e os problemas de nervos) da esposa.

Com a chegada inesperada do lindo e rico Sr. Bingley, as moças da região etão em polvorosa e mal se aguentam para o baile para conhecer tal personalidade. Ele traz também seu melhor amigo o Sr. Darcy e sua irmã Srta Bingley. Logo, Sra. Bennet tentará à todo custo empurrar sua filha mais velha Jane para o rapaz, já Lizzy tem a infelicidade de ter como pedido de casamento do Sr. Collins, a quem repugna sem piedade, mesmo com os protestos da mãe.

Tendo muitas reviravoltas, ela conhecerá o Sr. Darcy que é muito mais rico que o Sr. Bingley, porém, já o odeia fortemente, nunca conheceu ser tão odioso em sua existência. Após conhecer o Militar Sr. Wickham, Lizzie nutrirá ainda mais falta de fé no caráter do arrogante e orgulhoso Sr. Darcy.

— Você prefere ler a jogar cartas? — disse ele. — Isso é muito curioso.
— Srta. Eliza Bennet. — disse a Srta. Bingley. — tem desprezo pelo baralho. É uma grande leitora e não sente prazer em mais nada. (Pág. 50)

Ah, o amor! Quem é que pode com ele? Sentimento tão profundo e astuto, que aparece sem dó e piedade para afoitar o coração dos mais jovens. Assim, Lizzie não só passará a ter preconceito do Sr. Darcy que é orgulhoso demais para ser rejeitado.

" — Tudo isso ela deve ter — acrescentou Darcy —, e a tudo isso ela deve acrescentar algo mais essencial: o cultivo da inteligência pelas amplas leituras."(Pág. 53)

Um livro clássico da Literatura Inglesa que fala de amor, de autoconhecimento e de diversos aspectos como a ascendência social, preconceito e julgamentos antecipatórios que levam os personagens a conclusões estúpidas e ilusórias. Muitos dos conflitos da trama conduzem o leitor a autodescobertas e a reflexão. É considerado uma das obras-primas de Austen que, com refinada ironia equilibra comédia e seriedade, observando tão somente as atitudes humanas. Seus personagens foram meticulosamente desenhados e são indelevelmente memoráveis.

"Quanto mais conheço o mundo, mais me sinto insatisfeita com ele; e a dia se confirma a minha crença na incoerência de toda personalidade humana e na pouca confiança que podemos depositar na aparência de mérito ou de razão." (Pág. 171)

Odiei o Sr. Darcy junto com Lizzie, para ao longo da trama, apaixonar-se perdidamente pela elaborada e rica trama de Austen. Um livro que favoritei pela maestria de escrita, pelos personagens contundentes e marcantes e pela riquíssima história que marca uma época de ascendência social. Recomendo fortemente!

Quote


Não deixem de ler, recomendo!

11 comentários

  1. Nunca li Jane Austen, mas um dos livros que mais tenho vontade de ler da autora é, claro, Orgulho e Preconceito (apesar de nunca ter assistido ao filme). Sempre me vejo às voltas com esse livro na livraria mas, não sei por quê, sempre acabo levando algum outro ou não levando nada. Ainda lerei a autora, até porque gosto muito de livros com um lado psicológico bem desenvolvido, além da curiosidade de conhecer mais clássicos ingleses.

    Bjinho, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Olá Thais,

    Eu li uma outra edição da Martin, e como eu não tinha lido nenhuma versão, fiquei satisfeita com o que vi. A história é lindíssima. Foi para mim a melhor, pois eu li depois Persuasão e Razão e Sensibilidade.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thais.
    Sou apaixonada pelos clássicos da Jane Austen e das irmãs Brontë,
    "Orgulho e Preconceito" é o meu xodó.
    Já li em duas edções, da Ediouro e da Nova Cultural.
    Amo as adaptações das séries da BBC e para mim Colin Firth será o eterno Mr. Darcy.
    Apesar do seu jeito arrogante no livro, ao longo da leitura me encantei por ele.
    Recomendo a leitura para quem não conhece essa obra.
    Amo!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha! Já li o livro e adorei.
    Beijos.

    http://sucessoparaseublog.blogspot.com.br/

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Depois dessa resenha maravilhosa preciso desesperadamente ler de novo. Já faz algum tempo que li, mas senti uma paixão imediata pela história e pela escrita da Jane (diva!). Já li outros dois livros dela, são ótimos também, mas não gostei tanto quanto Orgulho e Preconceito.
    Parabéns pela resenha! Vou já colocá-lo na minha lista de leituras deste ano.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Carolina Durães8 de abril de 2013 09:10

    Oi Thais, tudo bem?
    Amo Jane Austen e Orgulho e Preconceito é uma de suas obras favoritas.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Já li três livros da Jane Austen (Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade e a Abadia de Northanger), e de longe o Orgulho e Preconceito é o meu favorito.
    As adaptações para cinema e TV ficaram muito boas, em alguns pontos até mais impactantes que no livro (como no filme de 2008, na primeira aparição do Mr.Darcy com o Mr.Bingley e a irmã, é uma das cenas mais incríveis que eu já vi!).

    ResponderExcluir
  8. AMO DEMAIS Orgulho e Preconceito. O livro eu tive um pouco de dificuldade de ler, mas mesmo assim gostei muito. Agora, eu sou APAIXONADA pelo o filme! O Mr. Darcy é encantador! <3
    Ótima resenha!

    Beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  9. AMO DEMAIS Orgulho e Preconceito. O livro eu tive um pouco de dificuldade de ler, mas mesmo assim gostei muito. Agora, eu sou APAIXONADA pelo o filme! O Mr. Darcy é encantador! <3
    Ótima resenha!

    Beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  10. Tenho um carinho quase ciumento por esse livro, sério! Parece que ele é meu e ninguém mais pode gostar tanto dele quanto eu rsrs #EgoísmoPuro
    Tenho o livro, o filme a mini série, nem sei quantas vezes já assisti. Ler eu li só duas vezes, mas sei que não foram as últimas, e sei que quando eu ler novamente vou me surpreender com algum detalhe que das outras vezes passou despercebido, é sempre assim com releituras de livros bons.
    Beijo, amei a resenha.

    ResponderExcluir
  11. Já tentei ler esse livro várias vezes, mas sempre acabei passando outro na frente. Mas desse ano não passa!! Rs!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Nós da equipe do Viaje na Leitura, agradecemos seu comentário. Sua opinião é de extrema importância para nós. Volte Sempre!

Em breve retribuiremos sua visita!